Clique na imagem e confira peças similares!

Top 10 Marcas de Jeans no Mundo

O jeans é uma peça básica no guarda roupa de qualquer pessoa. É uma peça “coringa” e versátil que pode ser usada em qualquer momento do dia, seja para trabalhar como para sair a noite.

Criado no meio do século 19 por Levi Strauss, a peça revolucionou a indústria da moda e se tornou um item indispensável. Ao longo das décadas, inúmeros modelos de calça jeans foram feitos com diversos materiais diferentes dos primeiros usados por Levi.

Confiram a lista das top 10 marcas de jeans que são referência no mercado de denim.

1. Levi’s

A Levi’s foi fundada por Loeb Strauss em 1850 em São Francisco na Califórnia.

Loeb nasceu na região da Bavária, na Alemanha em 1829. Aos 18 anos, em 1847, imigrou para Nova Iorque com sua família e começou a vender tecidos, botões, linhas, tesouras e outros pequenos objetos com dois de seus irmãos mais velhos. Ao saber da corrida do ouro na Califórnia, decidiu mudar-se para São Francisco para aproveitar o comércio e abriu uma loja de tecidos e roupas com sua irmã e cunhado, a Levi Strauss & Company.

Os negócios começaram a prosperar quando Loeb (agora chamado de Levi) contratou um alfaiate fazer calças com os rolos de lona que não havia conseguido se desfazer, depois de ouvir reclamações de mineiros que não tinham calças resistentes disponíveis. A lona se transformou em uma calça marrom com três bolsos fundos para guardar pepitas e as ferramentas que ficavam penduradas.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Levi’s (@levis)

A invenção de Levi foi aceita de imediato não só por mineiros, mas também por agricultores, ferroviários e vaqueiros. Apesar do grande sucesso, os consumidores reclamavam que a calça poderia ter uma cor menos opaca, com aspecto de suja, além do material ser muito rígido e desconfortável. Levi foi então em busca de um tecido que possuía a mesma resistência da lona, mas que fosse mais flexível e confortável.

No ano de 1860 Levi trocou a lona pela serge de Nimes, um tecido de algodão sarjado resistente e grosseiro destinado à roupa dos escravos negros do sul e alguns anos mais tarde o tingiu com corante de uma planta chamada Indigus, dando a calça a cor azul, ganhando o nome de “blue jeans” pelos americanos, que chamava o tecido de denim.

A marca começou a confeccionar as primeiras calças jeans do mundo e obteve grande sucesso e popularidade, abriu filiais pelos Estados Unidos e utilizar os catálogos como publicidade. Em 1873, junto ao alfaiate lituano Jacob Davis, registraram a patente nº 139.121 no Departamento Americano de Marcas e Patentes sob a calça jeans e o processo  para rebitar com metal os cantos dos bolsos e ganchos frontais das calças masculinas criada por Jacob.

Desde então, a Levi’s se tornou referência no jeans, criando moda pioneira para todas as épocas e gerações há mais de 150 anos, além de ser símbolo do estilo de vida americano.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Levi’s (@levis)

2. Diesel

A Diesel foi fundada por Renzo Rosso e Adriano Goldschmeid em 1978 em Milão.

A escolha do nome Diesel que tem o mesmo significado em qualquer lugar do mundo, além da pronúncia ser a mesma em diversos idiomas. Isto mostra que desde o começo Renzo e Adriano já tinham em mente criar uma marca de jeans que fosse global.

A marca foi oficialmente lançada no mercado em 1979, em um primeiro momento apenas oferecendo jeans e roupas masculinas. A marca começou a fazer grande sucesso entre os jovens, principalmente nos anos 80, com suas calças jeans com aspecto de usadas. Seu sucesso na Itália foi tremendo que em 1981 a marca já começava a exportar seus produtos.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Diesel (@diesel)

Em 1985 Renzo se tornou o único proprietário da marca, comprando a parte de seus sócios e se tornou a grande mente por trás da Diesel.

Após inaugurar sua primeira loja no Japão em 1986, a marca já estava presente nas lojas mais descoladas em 36 países ao redor do mundo. A partir deste momento, a Diesel não parou de crescer. Apesar de expandir sua gama de produtos, o jeans continuou a ser sua marca registrada.

Nos dias atuais, a Diesel é referência no mercado de jeans de luxo com suas peças descoladas, originais e criativas.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Diesel (@diesel)

3. True Religion

A True Religion foi fundada por Jeff Lubell e Kym Gold em 2002 em Los Angeles.

Logo no começo de sua história, a True Religion já obteve grande sucesso com sua releitura única do jeans clássico com cinco bolsos, o clássico da marca Super T, se destacou com design e estilos únicos.

A intenção da marca desde o começo foi ser maior, melhor e mais audaciosa que as outras, criando peças que fugissem do “normal” e que se destacassem no mercado sem perder a qualidade.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por True Religion (@truereligion)

A marca pode ser definida em duas palavras: classe e qualidade. Suas peças combinam qualidade, o autêntico “made in USA”, um estilo vintage e um refinamento atemporal. A inspiração da marca vêm da história de amor dos 140 anos do denim, suas criações são feitas de pessoas destemidas para pessoas destemidas.

Ao longo dos anos a True Religion conquistou inúmeros admiradores ao redor do mundo e se tornou sinônimo de estilo arrojado, tendo como especialidade as lavagens e tratamentos das peças jeans, que são produzidas com detalhes exclusivos e artesanato de qualidade.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por True Religion (@truereligion)

4. Calvin Klein

A marca Calvin Klein foi fundada por Calvin Richard Klein e Barry Schwartz em 1968.

Calvin sempre foi apaixonado por moda e aprendeu a desenhar e costurar ainda criança. Seu autodidatismo lhe rendeu bolsas de estudo na New York High School of Art and Design e no Fashion Institute of Technology (também conhecido como FIT), uma das melhores instituições de ensino superior de moda nos Estados Unidos.

Depois de se formar em 1962 no FIT, foi trabalhar como aprendiz em uma loja de casacos masculinos, Calvin e seu amigo de infância, Barry Schwartz, resolveram lançar sua primeira coleção de casacos masculinos e femininos em um showroom no York Hotel em 1968, assim nascia a Calvin Klein.

O talento de Calvin combinado com a grande habilidade administrativa dos negócios de Barry logo começaram a chamar a atenção de grandes nomes do mundo da moda. O primeiro grande sucesso da dupla foi quando Don O’Brien, presidente da loja de departamentos Bonwit Teller, fez uma encomenda no valor de US$50.000 ao se encantar com estilo minimalista da marca.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Calvin Klein (@calvinklein)

A partir deste momento, a Calvin Klein começou a crescer cada vez mais e ganhar seu espaço na indústria da moda com seu estilo esporte minimalista. Ganhou em 1974 o prestigiado prêmio Coty Award, o qual ganharia também nos dois anos seguintes. Pouco tempo depois, lançou uma coleção de roupas esportivas femininas, além de outros produtos e linhas voltados para o mesmo público.

No final da década de 70, a marca começou a ganhar fama mundial com sua coleção de calças jeans com um preço mais acessível. Lançou um comercial para divulgar sua coleção com a atriz Brooke Shields como protagonista e o sucesso foi imediato: 200.000 pares de calças foram vendidas em apenas uma semana.

A Calvin Klein continua a ser referência com suas roupas simples, sóbrias, fluídas e essencialmente confortáveis. A campanha #MyCalvins é conhecida mundialmente e continua a ser uma das referências da marca.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Calvin Klein (@calvinklein)

5. Giorgio Armani

A marca Giorgio Armani foi fundada por Giorgio Armani e Sergio Galeotti em 1975 na Itália.

O interesse em moda de Giorgio não foi instantâneo, o italiano chegou a cursar medicina por dois anos e serviu o exército antes de aceitar um emprego como vitrinista e assistente de fotografia aos 20 anos de idade na renomada loja de departamentos La Rinascente em Milão. Posteriormente, também trabalhou comprador de moda masculina da loja.

Posteriormente, trabalhou como assistente do estilista Nino Cerruti durante noves anos até começar a sua carreira como estilista independente, onde desenhava e costurava para grandes marcas famosas.

Foi em 1975 que Giorgio Armani e seu grande amigo Sergio Galeotti abriram a própria marca. Em julho do mesmo ano apresentaram sua primeira coleção e já obtiveram grande sucesso e boa aceitação da crítica. Após apresentar sua coleção masculina, ficou conhecido como “Rei dos Blazers” ao desconstruir o clássico terno e apresentou novos modelos com cortes, tecidos e caimentos diferentes.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Emporio Armani (@emporioarmani)

Um ano após o grande sucesso de sua coleção masculina, a Armani lança sua coleção feminina e trouxe ousadia para o vestuário feminino com ternos com cortes masculinos em tecido nobre. Seu estilo logo se tornou sinônimo de elegância e sofisticação com suas peças de alfaiataria e vestidos de noite glamurosos.

O ano de 1981 foi quando Giorgio Armani lançou sua segunda marca, a Emporio Armani, com roupas mais casuais e preços mais acessíveis, inclusive sua coleção de jeans. Com a abertura da Emporio Armani, foi um dos primeiros estilistas a criar marcas com preços mais convidativos. No início dos anos 2000, abriu em Nova Iorque uma mega loja com 4.000m² que abrigava suas três marcas: Giorgio Armani, Emporio Armani e Armani Jeans (sua terceira marca que era inteiramente dedicada ao denim).

Durante anos a Armani Jeans foi uma marca que era referência em jeans, com suas peças com acabamentos excelentes, grande qualidade e design elegante e discreto. Mas, em 2017 foi anunciado que a linha Armani Jeans seria descontinuada e diluída entre as três marcas principais da marca: Giorgio Armani, Emporio Armani e A|X Armani Exchange como uma nova estratégia de marketing. Mas, mesmo com a descontinuação da Armani Jeans, a Armani continua a ser um grande nome na indústria com seu estilo minimalista e elegante.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Armani Exchange (@armaniexchange)

6. Gucci

A marca Gucci foi fundada pelo italiano Guccio Gucci em Florença em 1921.

Trabalhou como Maitrê no famoso hotel Savoy, que fica em Londres, ainda na virada do século 19. No ano de 1921, acabou retornando para Florença e abriu sua primeira loja, utilizando todas as economias que conseguira guardar enquanto trabalhava em Londres.

Começou a vender acessórios de viagens (malas e valises de alto padrão), sempre feitos em couro de alta qualidade que vinham da região de Toscana, confeccionados pelos melhores artesãos da cidade.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por @gucci

A marca ganhou grande notoriedade na alta sociedade de Florença e se tornou um fenômeno e obteve muito sucesso.

A Gucci lançou sua primeira coleção de roupa em 1961, mesmo ano que a marca começou a aplicar o seu famoso logo GG em suas peças. No ano de 1998 a Gucci entrou para o Guinness World Records por ter o par de calça jeans mais caro do mundo, o modelo “Genius Jeans” era vendido por US$3.134 em suas lojas em Milão.

Atualmente, as calças jeans da marca tem como marca registrada os bordados divertidos que acompanham o tema da coleção vigente.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por @gucci

7. Seven For All Mankind

A marca Seven For All Mankind foi fundada por Michael Glasser, Peter Koral e Jerome Dahan em 2000 na Califórnia.

A marca logo se destacou no mercado por ser a primeira a produzir jeans premium em escala, colocando Los Angeles no mapa como a autoridade de moda de primeira necessidade da costa oeste.

Além disso, também ganhou notoriedade por usar tecidos de maneiras inovadoras, sua modelagem e a qualidade de suas peças. Em dezenove anos de história, a Seven For All Mankind continua a crescer e a ser uma força na indústria do jeans.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 7 FOR ALL MANKIND (@7forallmankind)

A marca conquistou e ainda conquista inúmeros admiradores ao redor do mundo e se tornou o queridinho dos atores e atrizes de Hollywood. Celebridades como Jennifer Lawrence, Emma Stone, Kim Kardashian e Jessica Alba já foram vistas usando a marca.

A Seven continua a ser a líder no setor de jeans premium com suas peças que possuem grande influência no estilo californiano com modelagens, lavagens e acabamentos irreverentes em suas peças.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 7 FOR ALL MANKIND (@7forallmankind)

8. Balmain

A Balmain foi fundada por Pierre Balmain em 1945 na França.

Pierre teve contato com a moda desde cedo, seu pai era dono de um loja de vestidos, onde sua mãe e duas tias também trabalhavam. Quando criança, fazia vestidos para as bonecas de papel que criava enquanto passava tempo na loja. Após seu pai morrer de forma repentina quando tinha apenas 7 anos de idade, Pierre e sua mãe se viram sem dinheiro algum, pois seu pai escondeu o fato que o negócio estava falindo.

Aos 11 anos, ganhou uma bolsa de estudos para estudar em um colégio interno em Chambéry. Ao se formar no colégio, já sabia que gostaria de trabalhar com moda, mas, para agradar sua mãe, foi estudar arquitetura na École des Beaux-Arts em Paris, o que não durou muito tempo pois não era o que ele gostava. Então, começou a escrever para estilistas pedindo um trabalho de meio período e conseguiu um com o estilista Edward Molyneux.

Após ser chamado para o serviço militar e ser dispensado, Balmain teve sua primeira experiência como estilista ao trabalhar com Lucien Lelong. Foi trabalhando no ateliê que Pierre conheceu Christian Dior, que foi um grande amigo. Quando Pierre decidiu abrir sua marca, convidou Dior para abrirem em sociedade, algo que Dior considerou por um momento mas decidiu declinar.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Balmain (@balmain)

Balmain então abriu sua marca em 1945 e teve seu primeiro desfile em outubro do mesmo ano. Sua coleção foi um grande sucesso, apesar de suas criações serem em cores escuras com cores sóbrias sendo predominantes. O estilista apresentou uma nova maneira de vestimenta para a mulher, um novo entendimento da forma e charme feminino.

A marca sempre soube o que seus consumidores gostavam e queriam e sempre lhes ofereciam exatamente isso. Sua marca registrada são suas peças com caimento perfeito, alta qualidade e design diferenciado.

Na década de 80 e no começo da de 90, a marca não tinha tanto prestígio como outras grandes marcas da alta costura como Chanel e Dior, mas voltou a seu auge no final dos anos 90 com um estilo mais sexy, agressivo e sensual em suas peças, principalmente em seus famosos blazers e em suas coleções ready-to-wear, incluindo as peças em jeans.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Balmain (@balmain)

9. Dolce & Gabbana

A Dolce & Gabbana foi fundada por Domenico Dolce e Stefano Gabbana em 1985 na Itália.

Domenico e Stefano se conheceram no começo dos anos 1980 quando trabalhavam como assistentes do estilista Giorgio Correggiari em Milão. A dupla teve uma visão de como gostariam de vestir as mulheres, então, em 1982, abriram um pequeno ateliê em Milão onde trabalhavam como freelancers para grandes marcas da cidade.

Em 1985 lançaram sua primeira coleção chamada “Donna-Donna” durante a semana de moda de Milão dentro da categoria Novos Talentos. Como não possuíam dinheiro para contratar modelos para desfilarem, foram ajudados por amigos para mostrarem a coleção. O sucesso veio de imediato e a marca se tornou a queridinha da imprensa e ganhou espaço dentro do cenário de moda italiana com suas criações femininas, sexy e com grande influência do sul da Itália.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Dolce&Gabbana (@dolcegabbana)

Em 1987 a marca abriu seu primeiro showroom e conquistou admiradoras famosas, como Madonna e Isabella Rossellini, nomes que ajudaram a marca a ganhar destaque internacional da noite para o dia. No final dessa década, a D&G começou a abrir suas primeiras lojas próprias em Tóquio, Milão e Hong Kong.

Ao longo dos anos, a Dolce & Gabbana se tornou conhecida com suas coleções com grandes referências ao estilo de vida do sul da Itália, ao catolicismo, ao barroco, além da estampa de oncinha, que se tornou um símbolo da marca.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Dolce&Gabbana (@dolcegabbana)

10.Citizens of Humanity

A Citizens of Humanity foi fundada por Jerome Dahan em 2003.

Jerome, que foi co-fundador da Seven for All Mankind e Lucky Brand jeans, após aprender com o grande sucesso de ambas as marcas e lições com o famoso designer de jeans Adriano Goldschmeid, resolveu abrir a sua própria marca.

A Citizens é uma das únicas marcas verticais integradas de jeans nos Estados Unidos. Sua produção artesanal é feita em sua própria lavanderia interna, com seus produtos sendo faturados a um raio de 10 minutos do estúdio de criação, dando a marca completo controle da qualidade de suas peças.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Citizens of Humanity (@citizensofhumanity)

A marca tem grande preocupação ambiental e sempre está transformando e procurando novas maneiras de confeccionar suas peças sem que o processo agrida o ambiente e que seus métodos sejam amigáveis socialmente. É conhecida por suas peças de altíssima qualidade, com ótima modelagem e estilo.

Durante as quase duas décadas que está no mercado, a Citizens se estabeleceu como uma das melhores marcas de jeans premium, ganhando inúmeros admiradores e clientes fiéis ao longo do caminho. Sua missão de oferecer jeans da mais alta qualidade, com a melhor modelagem e que sejam confortáveis, mas ao mesmo tempo estilosos é cumprida em cada coleção lançada.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Citizens of Humanity (@citizensofhumanity)

Vocês já conheciam estas marcas? Tem alguma preferência? Nos conte nos comentários!

Não deixe de visitar nossa coleção com peças em jeans das top marcas do mundo! 

Para conferir o resumo do post, clique nos stories abaixo:

 

Similar Posts

Inscreva-se em nossa Newsletter e Ganhe até 15% off em sua próxima compra no Etiqueta Única

Cadastre-se em nossa newsletter e receba dicas, novidade e promoções em primeira mão do Etiqueta Única, além de um Cupom e desconto de até 15% para suas próximas compras!



Stories

Novidades

Foto: Reprodução/Instagram @baumundpferdgarten

5 Tendências da Semana de Moda de Copenhagen!

A Semana de Moda de Copenhagen vem ganhando muito destaque nos últimos anos e se tornando uma das principais do calendário da moda. Ela está ficando conhecida por grande envolvimento com a sustentabilidade, não apenas em sua realização, mas igualmente com requisitos sustentáveis que todos os participantes devem seguir para poderem apresentar suas criações, lançando…
capa do post de top modelos de tote bags

Os Top modelos de Tote Bags!

A bolsa é um acessório indispensável para as mulheres. Ela surgiu com o simples intuito de nos ajudar a carregar nossos itens pessoais de maneira fácil e prática mas no decorrer do tempo foi tão reinventada e incorporada ao mundo fashion que se tornou item obrigatório em qualquer look. Existem centenas de modelos existentes no…
capa do post sobre o impacto do resale

O Impacto do Mercado Resale

O mercado de secondhand de luxo vem crescendo a cada ano, mostrando que está cada vez mais em alta. A mudança do olhar das pessoas em relação às peças paradas no guarda-roupas, a ampliação do entendimento da importância do consumo consciente e a crise econômica causada pela pandemia fez com que as peças de luxo…

Chanel aumenta seus preços na Europa!

Uma das marcas mais tradicionais do planeta, a Chanel está presente no mercado de moda há mais de 100 anos e é responsável por inúmeras peças que são icônicas até hoje, graças a genialidade de sua fundadora, Gabrielle Chanel. Coco Chanel (como é conhecida por todos) criou diversos modelos de roupas e acessórios que foram…
capa do post de motivos para desapegar com o etiqueta unica

8 Motivos para desapegar com o Etiqueta Única!

O mundo da moda passou a ter inúmeras preocupações além de tendências: a sustentabilidade, o consumo consciente e como seus produtos estão impactando o mundo. Existem diversas maneiras de praticá-lo, como adquirir peças second hand, ter consciência do que está comprando, refletir sobre a utilidade da roupa no dia a dia e sobre o tempo…
capa do post de frases para o dia dos pais

30 Frases para o dia dos pais 2022!

Comemorado no segundo domingo do mês de agosto, o Dia dos Pais é uma das datas mais importantes do ano para centenas pessoas! Este é o dia para celebrar uma das pessoas mais importantes na sua vida, que cuidou de você desde seu nascimento (ou a partir de qualquer outro momento de sua vida) e está…
capa do post sobre curiosidades sobre a prada

5 curiosidades sobre a marca Prada!

Uma das marcas italianas mais conhecidas e valiosas no mundo da moda, a Prada foi fundada por Mario e Martino Prada em 1913 em Milão. Ganhou grande notoriedade por seus artigos de alta qualidade e luxo e já em 1919, a loja em Milão virou a favorita da realeza e aristocracia italiana. Além de ser…
Foto: Reprodução/Instagram @krisjenner

A importância das irmãs Kardashian-Jenner no mercado second hand

O mercado de second hand de luxo vem crescendo a cada ano, mostrando que está cada vez mais em alta. A mudança do olhar das pessoas em relação às peças paradas no guarda-roupas, a ampliação do entendimento da importância do consumo consciente e a crise econômica causada pela pandemia fez com que as peças de…
capa do post sobre presentes para cada tipo de pai

Ideias de Presente para todo tipo de pai!

O dia dos pais está chegando rapidamente (neste domingo, não se esqueça!) e nos dias que antecedem esta data, vem a grande dúvida de como presentear essa figura tão especial na sua vida, não é mesmo? Todo pai tem seu estilo e gosto que podem variar do clássico à moderno, casual, despojado e por aí…
Foto: Reprodução/Instagram @cphfw

Semana de Moda de Copenhaguen e a Sustentabilidade

Um dos assuntos mais em alta dos últimos anos, a sustentabilidade vai muito além do cuidado com o meio ambiente, se tratando também do nosso estilo de vida e de nossas escolhas e ações como consumidores. A indústria têxtil é uma das mais poluentes e maior impacto ambiental que existe, tendo uma estimativa de resíduos…
Capa do post sobre guia do desapego

O Guia Completo do Desapego!

O mundo da moda passou a ter inúmeras preocupações além de tendências e o que vestir: a sustentabilidade, o consumo consciente e como seus produtos estão impactando o mundo se tornaram pauta de discussões entre marcas e consumidores, além de serem assuntos frequentes em cúpulas e reuniões entre países. Este movimento não é necessariamente sobre…
capa do post de bolsas estariam ultrapassando os sneakers?

Estariam as bolsas masculinas ultrapassando os tênis no mercado de resale?

Foi-se o tempo em que certos modelos de bolsas fossem exclusivamente femininos. Nos últimos anos modelos masculinos de bolsas de mão e tiracolo estão dominando as principais passarelas, lojas de grandes marcas de luxo, looks street style e as redes sociais. E agora, elas estão dominando o mercado de luxo de resale, que cresce mais…