capa do post sobre desfiles sobre os primeiros dias de mfw
|

4 Desfiles que se destacaram nos primeiros dias da MFW!

A Semana de Moda de Milão é considerada uma das mais importantes de todo o calendário da indústria da moda e é o palco dos desfiles das principais marcas italianas do ramo de luxo. Depois de Nova Iorque e Londres, foi a vez da capital da moda italiana ser o palco de desfiles e apresentações das principais marcas de moda do mundo.

De 20 a 26 de Fevereiro, marcas como Fendi, Prada, Tod’s e Gucci irão apresentar suas criações e principais apostas para a temporada de Outono/Inverno 2024-25.

Confira quatro desfiles que se destacaram nos primeiros dias da MFW:

Sabia que no Etiqueta Única você pode vender sua bolsa de luxo com discrição e rapidez no maior brechó de luxo online do Brasil? Descubra como vender suas bolsas de luxo agora!

04. Prada

Para o Outono/Inverno 2024-25, a dupla Miuccia Prada e Raf Simons trabalhou com vários tecidos, silhuetas e símbolos reconhecíveis, mas ao misturá-los inesperadamente criaram algo muito novo. Na verdade, esta é a coleção mais contemporânea até agora nesta temporada.

O elemento-chave foi uma série de vestidos e vestidos-casaco que eram clássicos na frente, antes de se tornarem lingerie nas costas, ou calças alargadas na frente. Saias como se fossem feitas de blazers masculinos de cabeça para baixo, mas cortadas tão bem que sempre pareciam super estilosas, e muitas vezes usadas com jaquetas trespassadas.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

“Trabalhar em fragmentos da história, para aprender alguma coisa. Tudo, desde moda até política e arte. Tirar um pedaço do passado não é conservador, é libertador”, explicou Miuccia após o desfile.

Fragmentos de tecidos também, como as grandes bainhas abertas feitas de pedaços de fitas, combinadas com botas de hussardos e capacetes de cavalaria, também feitos de fitas. Tudo ideal para uma festa de temporada artística ou festa dançante.

O convite da dupla – um pedaço retangular de papel pardo recortado com a letra P em uma escrita romântica branca e açucarada – sugeria que alguém poderia estar participando de um baile. O que, observou Miuccia, era um símbolo para todas as mulheres, mesmo que o chique duro que ela exibisse sugerisse que o dever da moda também é libertá-las.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

E em um truque de estilo inteligente, as modelos usaram cintos com ilhós na dobra dos braços, para melhor segurar uma série de novas bolsas, um visual que certamente acenderá uma verdadeira tendência. Aumentando a atitude com uma grande série de chapéus – capitães de barcos peludos; oficiais de artilharia; patrulheiros rodoviários de folga. Várias silhuetas, até as jaquetas biker mais justas com gola funil.

Aumentando a atitude com uma grande série de chapéus – capitães de barcos peludos; oficiais de artilharia; patrulheiros rodoviários de folga. Várias silhuetas, até as jaquetas biker mais justas com gola funil. Antes de chegar ao clímax com casacos de chita técnicos ondulados com gola funil em formatos expansivos dos anos 50. Sugerindo uma elegância contemporânea mesmo mergulhando no passado.

03. Diesel

Assim como nas temporadas anteriores, Glenn Martens fez um uso impressionante das texturas na coleção de Outono/Inverno 2024-25 da Diesel. Camisas, T-shirts, vestidos de jersey justos e calças jeans pareciam ser todos despidos nas extremidades ou nos decotes. Este efeito devorado revelava por vezes seções inteiras de pele através da sobreposição de tule transparente tatuado. Os vestidos e saias de chiffon floral pareciam estar se desfazendo, deixando apenas alguns retalhos presos ao forro.

Por vezes, o estampado floral rasgado fundia-se com uma estampa de leopardo. Este efeito desgastado foi reproduzido em casacos de lona e calças jeans. Os conjuntos em pele foram envelhecidos. Em outras partes, um revestimento tomou conta de calças, saias ou casacos com um efeito de lona encerada ou inserções brilhantes.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

A lã também foi objeto de uma experimentação de cortar a respiração, com vários casacos, ternos e sobretudos recheados com um estilo ligeiramente selvagem, à maneira dos antigos tapetes de pelo de cabra. As toucas com estas mesmas franjas de lã crua mostram que serão um grande sucesso entre as fashionistas. Os pelos longos e macios foram afixados como penas nas peças de vestuário, desenhando losangos e outras linhas abstratas.

Em um casaco de penas, os flocos de lã foram presos em losangos sob um tule transparente, enquanto os pelos longos com efeito de raposa e reflexos azuis foram utilizados para criar um casaco grande e desgrenhado e uma saia ondulante de comprimento médio.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

A coleção é apelativa, e se afasta dos famosos jeans e entra em outros universos, desde peças mais sofisticadas com ternos e vestidos muito femininos até conjuntos bem streetwear com um ar tribal.

02. Alberta Ferretti

Vestir mulheres normais, que enfrentam a vida diariamente tentando manter sua identidade, feminilidade e força é a intenção e objetivo da marca italiana Alberta Ferretti. A grife apresentou coleção que celebra o universo feminino em todas as suas facetas.

A inspiração veio do contraste, observando como a ela sempre ‘explorou o equilíbrio entre pragmatismo e poesia’. Isso foi percebido na maneira como os vestidos justos eram vistos ao lado da alfaiataria e os casacos envolventes ao lado dos drapeados. Ao oferecer essas justaposições, a coleção deixou em aberto a ideia de interpretação. “[Essas] roupas que podem ser usadas e interpretadas de muitas maneiras diferentes – mas misturam as coisas por não fazerem as coisas como esperado”, disse a marca.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

A paleta de cores das coleção ficou em tons escuros que falavam de tons terrosos naturais com toques de verde-amarelado e ferrugem brilhante. O embelezamento entrou em jogo com a estilista já pensando em um grande momento no tapete vermelho no outono de 2024 em uma série de vestidos para completar o desfile. Alguns dos destaques da coleção foram um vestido de couro com acabamento em renda, peças em couro estilo anos 1970 e lenços embrulhados.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

Os acessórios lembravam o lado aconchegante de um inverno estiloso. Os chapéus fofos eram grossos e firmes, enquanto as bolsas eram usadas presas no quadril, incluindo clutches bordadas, e os sapatos eram botas de couro preto brilhante.

01. Moschino

O estilista argentino Adrian Appiolaza fez sua estreia na Moschino com uma coleção que presta homenagem ao fundador da marca, Franco Moschino. Appiolaza sucedeu o americano Jeremy Scott, que saiu após uma década à frente da grife, um período que se testemunhou desfiles e coleções épicas, embora com muita teatralidade grandiosa nas temporadas finais.

Designer altamente experiente, o estilista concentrou-se em sua própria abordagem de elementos clássicos do DNA da Moschino: sorrisos característicos, pontos de interrogação, trompe l’oeil e jogos distorcidos com códigos de indumentária. A coleção resultante foi infinitamente fácil de usar, e uma que se imagina no varejo, ao contrário de seu antecessor.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

Ele abriu com um trench esplendidamente cortado usado por uma modelo carregando um saco de papel marrom com aipo e duas baguetes. Seguiram-se falsas donas de casa carregando sacolas sorridentes contendo flores e alcachofras. Adrian cortou calças largas, embora as cobrisse parcialmente com saias flamencas com babados.

As famosas letras gráficas da casa foram vistas em uma coluna de mohair preto com Peace estampado do tornozelo ao ombro, onde o P se tornou o decote. Seus vestidos de lingerie com suspensório trompe l’oeil estampados eram atrevidos, assim como seus vestidos de lantejoulas com ponto de interrogação. Outra ideia inteligente foi usar tecidos de gravata para fazer calças, ou o interior/exterior de capas de chuva.

Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.
Fotos: Reprodução/Vogue Runaway.

Para os rapazes, ele mostrou camisas de seda espirituosas com listras pretas e brancas. Enquanto seus cowboys urbanos em jeans – vistos também com saias de flamenco com babados – carregavam bolsas de couro vermelho em forma de coração – o icônico símbolo da Moschino.

Um elemento-chave foi o uso de várias imagens inesperadas retiradas de obras de arte do fundador. Elas nunca haviam se tornado roupas antes. Como vestidos de seda com mãos pretas e brancas reunidas em uma ‘sacudida’.

Como conjunto, esta é uma coleção de abertura autoconfiante que sugere que Appiolaza pode muito bem ter uma longa jornada nesta tão amada casa milanesa.

Estes foram apenas alguns dos desfiles que se destacaram nos primeiros dias da MFW! Qual o seu favorito?

Posts Similares

Inscreva-se em nossa Newsletter e Ganhe até 15% off em sua próxima compra no Etiqueta Única

Cadastre-se em nossa newsletter e receba dicas, novidade e promoções em primeira mão do Etiqueta Única, além de um Cupom e desconto de até 15% para suas próximas compras!



Stories

Novidades

O Diabo Veste Prada 2: Tudo o que já sabemos sobre a continuação do filme!

Atenção, fashionistas e cinéfilos! O icônico filme “O Diabo Veste Prada” depois de 18 anos vai ganhar uma continuação. Sim, você leu certo, teremos “O Diabo Veste Prada 2“! O drama que acompanha os bastidores da revista de moda Runway, que dizem ter sido inspirado em Anna Wintour da Vogue, terá uma sequência que está…
capa do post sobre bolsas clássicas chanel no black month

Quanto custa uma bolsa da Chanel? Descubra o preço dos principais modelos!

A Chanel é uma das marcas de luxo mais conhecidas, desejadas e comentadas ao redor do mundo. Criada pela icônica estilista Coco Chanel, a marca foi responsável por uma grande ruptura na história da moda com seu estilo clássico, elegante e sofisticado, que prezava, acima de tudo, o conforto e a mobilidade da mulher. Com…
capa do post sobre peças hermès para aproveitar

Hermès Lovers: 5 peças da marca para aproveitar no Etiqueta Única

Uma das marcas de luxo mais valiosas, renomadas e conhecidas do mundo, a Hermès foi fundada em 1837 pelo seleiro francês Thierry Hermès em Paris, França. Ao longo de seus 187 anos de história, a marca francesa criou modelos icônicos de bolsas, que se tornaram objeto de desejo para inúmeras mulheres ao redor do planeta…
capa do post sobre acessórios que nunca saem de moda

8 Acessórios que nunca saem de moda!

Os acessórios são peças muito importantes e essenciais em qualquer look. Apostar em diferentes modelos é uma maneira muito simples e fácil de transformar a produção e dar um toque estiloso, diferente e sofisticado à ela. Engana-se quem pensa que só vale apostar nos acessórios que estão em alta no momento! Existem diversos modelos que…
capa do post sobre virginie viard deixar a chanel

5 Fatos Curiosos que você não sabia sobre bolsas Chanel!

A Chanel é uma das marcas de luxo mais conhecidas, desejadas e comentadas ao redor do mundo. Criada pela icônica estilista Coco Chanel, a marca foi responsável por uma grande ruptura na história da moda com seu estilo clássico, elegante e sofisticado, que prezava, acima de tudo, o conforto e a mobilidade da mulher. Com…
capa do post sobre sapatos essenciais de se ter

Os sapatos essenciais de se ter no armário

O mundo da moda é um eterno “vai e vem” de tendências. Diversas peças que estão em alta no momento podem acabar esquecidas na temporada seguinte, podendo retornar alguns anos mais tarde com novas versões e releituras. Isto também acontece com os sapatos, que são um dos itens mais necessários e indispensáveis de um look….
capa do post sobre bolsas crossbody de marcas de luxo para investir

As bolsas crossbody de marcas de luxo para investir já!

A história da bolsa crossbody é datada no final da Segunda Guerra Mundial, especificamente na década de 40. A mulher começou a ter um novo papel na sociedade, começando a ter maior demanda da mão-de-obra feminina devido ao fato que os homens estavam na guerra. Com esta maior demanda, surgiu a necessidade de ter maior mobilidade,…

Bolsa LV Neverfull: 7 Fatos Curiosos sobre a Tote Bag de Sucesso!

O mercado de luxo sempre despertou curiosidades entre clientes e admiradores ao redor do mundo, principalmente quando o assunto é bolsas de luxo – e nesse quesito, a Louis Vuitton é expert. Afinal, a grife francesa possui diversas “it bags” que de fato merecem esse título. Mas entre todas elas, a Bolsa LV Neverfull se…

Tweed sem Caretice: Como usar o Tecido Queridinho da Chanel?

O tweed é um dos tecidos mais icônicos e versáteis no mundo da moda. Em 2024, ele continua super em alta, especialmente com a chegada das estações mais frias. Se você está procurando por um casaco de tweed, um blazer de tweed feminino, ou até mesmo uma saia de tweed, este guia é para você….
capa do post de peças atemporais para usar o ano todo

5 Peças atemporais para usar o ano todo!

A cada temporada e estação nosso guarda-roupa sofre mudanças, podendo ser drásticas ou não, para se adequar as temperaturas que irão começas a se tornara muito frequentes. Na primavera/verão, ele consiste de peças mais leves e fresquinhas e, já no inverno, roupas mais pesadas e quentinhas são as mais queridas e frequentes. Porém, existem algumas…

Best of Prada Bags no Etiqueta Única

Uma das marcas italianas mais conhecidas e valiosas no mundo da moda, a Prada foi fundada por Mario e Martino Prada em 1913 em Milão, com o nome de Fratelli Prada (Irmãos Prada em tradução livre). A grife ganhou grande notoriedade por seus artigos de alta qualidade e luxo e já em 1919, a loja em…
capa do post sobre peças essenciais para dias frios

5 Peças essenciais para os dias frios de inverno

O inverno já começou há algumas semanas e, com ele, os dias de temperaturas mais baixas e friozinhos já se tornaram uma realidade em grande parte do território nacional. Isso faz com que nosso guarda roupa sofra uma mudança drástica para se adequar. Os looks mais fresquinhos e com poucos artigos de vestuário dão lugar…